VÍDEOS

11 de julho - 2019

Campanha Mês de Julho -  JULHO DAS PRETAS

 

CONFIRA O DEPOIMENTO DA CLEUZA PEDROZA

No Brasil, a proporção de mulheres brancas com o ensino superior completo é 2,3 vezes maior do que a de mulheres negras, segundo o IBGE. A mulher negra ainda enfrenta muitas dificuldades ao entrar no mercado de trabalho. Por isso é importante modificar a realidade investindo na diversidade!

A Cleuza passou uma mensagem muito importante sobre o assunto, e também falou o que espera do Julho das Pretas. Vem conferir o depoimento dela.

Vídeo

 

CONFIRA O DEPOIMENTO DA DAGMAR MARIS RODRIGUES POLIDO

Conhecer a história do seu povo, assumir a sua negritude e ocupar espaços. Esse é um dos principais recados para as meninas negras nesse Julho das Pretas. E disso a Dagmar entende muito bem!

Vídeo 

 

CONFIRA O DEPOIMENTO DA VITÓRIA CATARINA

A Vitória Catarina veio para mostrar que não só na passarela, mas em todos os espaços a mulher negra deve ter seu local nos cenários da sociedade. É por isso que o Julho das Pretas é tão importante, para mostrar que elas também são fortes, capazes e inteligentes.

Vídeo

 

CONFIRA O DEPOIMENTO DA SUBSECRETÁRIA ANA JOSÉ

O mês de julho coloca em evidência o debate sobre as políticas públicas de enfrentamento ao racismo, aos preconceitos e a todas as formas de violação de direitos, reafirmando o protagonismo e a participação das mulheres negras nos espaços políticos.
Reúne ações de organizações e coletivos de mulheres negras de vários estados brasileiros, em alusão ao Dia Internacional da Mulher Negra Latino-americana e Caribenha, celebrado dia 25 de Julho. É um momento de empoderamento e reafirmação da luta pela garantia dos direitos dessas mulheres.
Veja o que tem a dizer a Ana José, Subsecretária de Políticas Públicas para a Promoção da Igualdade Racial.

Vídeo 


 

Semana Estadual de Combate ao Feminicídio -  COMBATER O FEMINICÍDIO TEM A VER COM TODOS NÓS

O feminicídio tem dados alarmantes no país inteiro. Por isso, é importante estarmos sempre atentos a tudo que acontece à nossa volta, pois podemos ser capazes de evitar uma tragédia. Afinal, é impossível que você não esteja ouvindo.

Vídeo Conceito 

 

 


Campanha Mês de Maio -  MAIO DA DIVERSIDADE

 

CONHEÇA A HISTÓRIA DA MÁRCIA ZEN

Ser lésbica nos anos 80 no sul do Mato Grosso não era nada fácil, mas para alguém como Márcia Zen -como é chamada no movimento - se assumir lésbica foi uma necessidade. Atitude que segundo ela, inspirou pessoas e “fez muita gente sair do armário”.
Hoje como conselheira municipal, Márcia se preocupa com a saúde de LGBTs e tem um olhar diferenciado para as famílias dessas pessoas.

Vídeo

 

CONHEÇA A HISTÓRIA DA MIKAELLA

Quem se lembra da Tifany? A primeira transexual a entrar em quadra por uma partida oficial da Superliga, principal campeonato de vôlei do Brasil?!
Por aqui em Mato Grosso do Sul, temos Mikaella, a primeira trans do Estado a jogar no time feminino de um campeonato. Foram muitos anos jogando do lado masculino do qual nunca se identificou. Segundo Mikaella, que hoje alterou seu nome oficial em cartório, a criação (na época) da carteira do nome social contribuiu muito com seu empoderamento e decisão de conquistar a vaga onde sentia que era seu lugar.

Vídeo

 

CONHEÇA A HISTÓRIA DA VERA LÚCIA

Para determinados pais e mães de pessoas LGBTs, a aceitação da condição do filho ou da filha não é algo fácil de acontecer. Por algumas vezes, até a convivência se torna mais difícil e aquele abraço e acalento necessário dos genitores vira algo impossível.
Mas não é o caso de Vera Lúcia Rossate da Cunha. Há alguns anos ela se tornou exceção: decidiu apoiar o filho na sua escolha sexual e até na militância por políticas públicas locais neste segmento. Provando assim o quanto o acolhimento é necessário para enfrentar o preconceito.

Vídeo

 


Campanha Mês de Abril -  ABRIL AZUL

 

O Dia Mundial de Conscientização do Autismo foi criado pela Organização das Nações Unidas (ONU), em 18 de dezembro de 2007, com o objetivo de ajudar a conscientizar a população mundial sobre o autismo. O TEA (Transtorno do Espectro Autista), como é conhecido hoje, afeta cerca de 70 milhões de pessoas em todo o mundo e precisa de muita dedicação, amor e principalmente conhecimento e envolvimento de toda a família.
Muitos depoimentos de quem lida com o autismo repetem que: o amor supera tudo, mas que ainda assim é muito desafiador lidar com a situação, com a sociedade e com a falta de informação e de políticas que defendam os direitos das pessoas com o transtorno.
Se você conhece alguém que cuida de um autista seja acolhedor, pois quem cuida também precisa de cuidados, amor, compreensão, além de reconhecimento por sua dedicação.

Vídeo 

 


Campanha Mês de Março -  TEM A VER COM VOCÊ

A luta pelos direitos das mulheres tem a ver com justiça. Tem a ver com respeito. Tem a ver com igualdade.

Vídeo Conceito

 

CONHEÇA A HISTÓRIA DA FERNANDA

Fernanda é uma das 820 mulheres que fizeram cursos no programa Rede Solidária e se capacitaram para gerar renda para suas famílias. É mais uma história de superação e empoderamento feminino em Mato Grosso do Sul.

Vídeo

 

CONHEÇA A HISTÓRIA DA BRUNA

O caso da Bruna é um dos mais de 10.000 já atendidos pelo Centro Especializado de Atendimento à Mulher em Situação de Violência, o Ceam. É mais uma história de superação e empoderamento feminino em Mato Grosso do Sul.

Vídeo

 

TEM A VER COM VOCÊ - DEPOIMENTOS

O Governo do Estado é pela defesa dos direitos da mulher e contra todo tipo de violência contra elas, porque essa causa tem a ver com você.

Vídeo

 

CONHEÇA A HISTÓRIA DA NARRIMAN

Narriman é uma das jovens que pode se dedicar aos estudos graças ao apoio do Vale Universidade. Para que mais mulheres como ela cheguem ao Ensino Superior e se realizem na profissão que escolheram, investimos na educação das meninas e jovens de Mato Grosso do Sul.

Vídeo

 

CONHEÇA A HISTÓRIA DA ELAINE

Elaine é uma das mulheres quilombolas que participaram do programa "Maria da Penha vai ao Quilombo", do Governo de Mato Grosso do Sul. Durante as rodas de conversa realizadas, ela se empoderou-se e, agora, avisa: machismo e violência não entram na tradição que a comunidade onde vive quer manter.

Vídeo

 

CONHEÇA A HISTÓRIA DA ANA CRISTINA 

Ana é analista de sistemas e trabalha no Sistema de Gestão de Informação do governo, um setor que era dominado por homens, mas que começa a ser ocupado por mais mulheres. "Isso tende a crescer", acredita a servidora.

Vídeo 

 

CONHEÇA A HISTÓRIA DA ANA

Ana é professora e dá aula em duas escolas estaduais de Campo Grande. Ela faz parte do grupo majoritário de mulheres que está à frente da educação dos nossos estudantes, e desempenha seu papel consciente de que é preciso falar sobre como é estar Na Pele Delas todos os dias do ano.

Vídeo